Globo

Organização não é natural

Não esqueça: organização não é natural, desorganização é que é. “Natural” para uma pilha de tijolos é ser eternamente uma pilha de tijolos (desorganização máxima). – Para transformá-la em algo de valor (como um muro) é necessário algum tipo de “ação informada” que organize o que naturalmente “deseja” ficar desorganizado. – “Ação informada” é a…

Princípios do meu curso sobre DESFECHO

  “Valor ” é um conceito simples de execução difícil porque o mundo da prática é árduo. Ele premia quem sobrevive, não quem é “inteligente”. A única maneira de avaliar o aprendizado, é testá-lo em protótipos e refiná-los em projetos piloto. ÚNICA maneira. Riqueza não vem de teorias q colocamos em prática. Criamos teorias A…

VBHC é sobre amostras não sobre casos isolados

  Perguntado sobre VBHC, o especialista de Harvard diz que “espera e deseja que dê bons resultados”, mas : “É muito difícil medir a produtividade real para a saúde. Se um paciente vai ao médico e depois morre, você não sabe se o médico prestou um mau atendimento ou se o paciente teria morrido de…

Bomba relógio no sistema de saúde do Brasil

  Essa fantasia que chamam de “mercado de saúde privada” seria totalmente diferente se fosse o usuário que legitimasse o que os prestadores fazem. CUIDADO BASEADO EM VALOR COMEÇA COM A AFERIÇÃO DO QUE CONTA PARA A QUALIDADE DE VIDA DO USUÁRIO DEPOIS DA INTERVENÇÃO MÉDICA. Divulgada essa informação, prestadores com os melhores DESFECHOS se…

Piorar alguma coisa na tentativa de melhorá-la

“Verschlimmbessern” é um verbo alemão formado pela junção de “piorar” e “melhorar”. Significa “piorar alguma coisa na tentativa de melhorá-la”. verschlimmern (piorar) + verbessern (melhorar) = “verschlimmbessern”. Especialistas em saúde são mestres nisso. Querendo “melhorar” o sistema, propõe coisas como: limitar por lei números de cesáreas, tempo de consultas, reajustes de planos, coberturas, Telemedicina, participação…

A aceleração digital como legado da pandemia

Ontem dei a a aula inaugural no ciclo do LEGOS – Gestão e Inovação em Saúde. Minha participação começa no minuto 12. Confira: Uma aula que ajuda você perceber a escala do tempo do BIG BANG até Jesus Cristo Café Imobiliário com Clemente Nobrega e Guilherme Carnicelli As ferramentas para a liderança que resolve crises Desconstrução…

Se os ingredientes existem, o novo arranjo pode estar a um passo.

A inovação que mudará a saúde será em arranjos novos de prestação de serviços, não em tecnologias soltas. É o que tem ocorrido em toda parte: plataformas digitais integrando componentes e produzindo desfechos melhores para o usuário a um preço menor. O Waze (viabilizado pelo GPS) é bacana, mas o Uber – que é waze…

Estudantes de medicina devem empreender

  Formação de médicos hoje ainda reflete realidades do século 19, quando as escolas de medicina se estabeleceram. Na época, competência para cuidar de pacientes estava na pessoa do cuidador (do médico!), não em processos ou ferramentas tecnológicas. Medicina era uma prática intuitiva, artesanal. Grande parte das condições era aguda – o doente se internava…

Marketing tem que partir de requisitos de usuários, ou seja: de desfechos

  A evolução do design de uma lata de cerveja foi uma série de avanços para eliminar falhas e disfuncionalidades – nos materiais utilizados, na forma, na válvula de abertura (que tinha de abrir fácil, mas não fácil demais)… Até chegarmos à “perfeição”: latas de alumínio transportáveis com facilidade, empilháveis sem abaular, fáceis de manusear,…

Como o (verdadeiro) “caso KODAK”​ deve inspirar os hospitais de excelência

Imagine uma organização tradicional, reconhecida internacionalmente, competente no manejo de tecnologias sofisticadas, respeitadíssima, líder em pesquisa & desenvolvimento, repleta de profissionais de alto nível, referência em excelência, vanguardismo e inovação. Estou falando da KODAK (que quebrou no início de 2012), mas poderia estar falando de alguns hospitais e empresas de saúde em plena atividade, saudáveis,…